Nesta quarta (21), às 10 horas, a rede EOS abandonou o software desenvolvido pela Block.one, e passou a usar o Leap 3.1, implementação do protocolo Antelope. Desenvolvido pela Antelope Coalition, que coordenou múltiplos times na criação de um fork do protocolo original, o Antelope foi concebido com base nas necessidades da comunidade como um todo e não só dos produtos da Block.one como vinha acontecendo anteriormente. Além da EOS Network Foundation, a Antelope Coalition tem como membros as chains Telos, WAX e UX Network – que também adotarão o Leap 3.1 ou alguma implementação alternativa do Antelope ao longo das próximas semanas.

O esforço de desenvolvimento do novo protocolo, que foi baseado no EOSIO 2.0, foi uma colaboração entre a OCI, EOS Network Foundation, Clarion e outros times, envolvendo vários dos engenheiros responsáveis pela criação do protocolo EOSIO original.

OS PRÓXIMOS PASSOS DA REDE

Após esse período de implementação do software, a EOS continuará a sua jornada de trabalho para continuar ocupando a posição de uma das maiores blockchains do mundo. Por isso, os next steps da rede são focados em TrustEVM, inter-comunicação entre chains e mais.

Trust EVM

A TrustEVM está pronta para ser lançada. Agora, próximos do lançamento, a Trust terá um palco no Token2049 em Singapura, nos dias 28 a 29 desse mês, com 57 palestras confirmadas ao longo dos dois dias. Além disso, estão ocorrendo dois eventos paralelos: o GameFi Hackathon e o EVMxIdeathon, para alcançar novos jogos a serem desenvolvidos em EOS.

A Rio Blocks estará presente no Token2049, assistindo às palestras, fazendo networking e buscando mais oportunidades como block producer.

IBC

A inter-comunicação entre blockchains sempre foi um desafio, mas as chains Antelope estão desenvolvendo, juntas, a solução para o problema, levando mais flexibilidade para os usuários transferirem suas tokens de uma blockchain para a outra com mais segurança. 

O desenvolvimento do projeto interessou outros ecossistemas, e neste momento, os desenvolvedores das chains Cosmos estão conversando com o grupo Antelope sobre a possibilidade de implementação da IBC.

Instant Finality

A Instant Finality, já em desenvolvimento, é mais um produto das chains Antelope que proverá solução atrelada ao protocolo. De modo geral, a IF objetiva reduzir o tempo de confirmação de transações na blockchain, melhorando a capacidade de resposta das aplicações, reduzindo o tempo de confirmação de depósitos em exchanges, ações em smart contracts, atomic swaps entre outros.

Yield+ Support e Acceleration

Com o lançamento do Yield+ Incentive Program em 14 de agosto, direcionou-se maior foco para DeFi na rede EOS. O próximo nível do programa é o lançamento do Support e avançar para a fase Acceleration. 

Nessa primeira etapa, apenas os ativos $EOS e $USDT de Tether estão incluídos no cálculo de TVL. Diferentemente, na fase Acceleration o time do Yield+ avaliará a possibilidade de incluir outros tokens, afim de maior capitalização de mercado. O Support fará parte desta aceleração, para ajudar a comunidade atuando como braço de trabalho para a rede. 

A construção da Nova EOS dá indícios de que está “apenas começando”, com um grande storytelling e muitos projetos sendo construídos. Veja mais do roadmap, abaixo, na íntegra.