Parte de organização, ENV quer capacitar negócios em Web3 e gerar maior adoção de EOS.

A EOS Network anunciou nesta quinta (10) que está trabalhando em cima da validação de um acordo para lançar um total 100 milhões de dólares para investir em fundos do ecossistema. O fundo será gerenciado pela EOS Network Ventures (ENV), que será estabelecida como uma entidade independente que investirá em negócios Web3 e empreendedores construindo em EOS.

Os validadores da rede EOS surpevisionarão a ENV de forma independente. Esse fundo também será usado para lançar programas de aceleração e incubação para apoiar a adoção de EOS em modelos de negócios inovadores que alavancam a tecnologia blockchain e trabalharão colaborando com as principais organizações em comum objetivo, principalmente a EOS Network Foundation (ENF).

A ENV fará investimentos estratégicos em ações e tokens em startups de tecnologia em todo o espaço Web3, incluindo GameFi, metaverso, eSports, NFts e fintech. Inicalmente, o fundo consistirá em tokens EOS recém-emitidos, espelhando tokens destinados a casos de uso semelhantes a esse que a rede retirou em 2021.

“A ENF foi bem sucedida na implantação de financiamento de subsídios, mas realmente vemos a EOS Network Ventures como mais um passo em termos de poder realizar nossa missão, que é permitir que desenvolvedores, empresas e indivíduos desenvolvam a EOS, em todos os estágios da empresa, ciclos de vida e, portanto, apoiar totalmente a criação da ENV.”

Yves La Rose, CEO da EOS Network Foundation.

Os recursos do investimento do fundo serão usados para devolver valor aos detentores de token EOS por meio de uma variedade de mecanismos para alinhar incentivos econômicos, por exemplo, através de um programa de recompra e queima. Isso servirá como um contrapeso deflacionário para os gastos da rede em doações e bens públicos. O fundo do ecossistema será fundamental para atrair investimentos externos adicionais e fornecer benefícios contínuos para os detentores de tokens EOS.

“A ENF tem trabalhado diligentemente para garantir os investimentos externos adicionais na ENV, pois trabalha em paralelo para chegar a um consenso sobre o estabelecimento do fundo e da entidade. Esse novo capital que alimenta a camada de aplicativos EOS impulsionará a próxima onda de inovação de blockchain e adoção de mercado. Prevemos o surgimento de novos modelos de negócios e aplicativos significativos criados para resolver problemas reais.”

Yves La Rose, CEO da EOS Network Foundation.

A EOS Network Foundation também assinou recentemente um Memorando de Entendimento (MoU) com a cidade metropolitana de Busan, na Coreia do Sul, em parceria com vários outros notáveis ​​VCs de blockchain, com ativos coletivos de US$ 700 milhões sob gestão para investir US$ 100 milhões na infraestrutura de blockchain da cidade e startups Web3 ao longo dos próximos três anos.

O fundo do ecossistema da EOS Network Ventures permitirá que a rede se estabeleça ainda mais como uma blockchain ideal para negócios da Web2 em transição para a Web3 e uma plataforma de lançamento para novos projetos.